Açude transborda e inunda campus da Universidade Federal do Ceará

As fortes chuvas que atingem Fortaleza desde a madrugada desta terça-feira causaram prejuízo à Universidade Federal do Ceará. O açude Santo Anastácio transbordou e provocou o alagamento da Estação de Piscicultura e do Centro de Biotecnologia em Aquicultura. As unidades, no campus do Pici, são usadas pelo curso de engenharia de pesca.

Veja a cobertura das chuvas pelo país

Equipes da prefeitura do campus tentam resolver o problema desde a manhã, com a ajuda de alunos. De acordo com a universidade, o volume de chuva registrado foi de 197,5 mm, da 0h às 9h (cada mm equivale a um litro de água por m²). O volume representa a maior chuva do ano.

Francisco José de Abreu Machado, prefeito do campus, diz que ainda não é possível avaliar os prejuízos para as pesquisas realizadas nas duas unidades. No momento, os esforços são para desobstruir o canal de escoamento do açude e dar vazão à água. Ele afirma que o trânsito dentro do campus não foi afetado pelos alagamentos.

Segundo Abreu, o mato e o lixo levados pela chuva estão entupindo as saídas do canal. O diretor do Centro de Ciências Agrárias, Luís Antônio Maciel de Paula, diz que moradores das comunidades vizinhas têm costume de despejar lixo no açude.

Ele disse que até uma máquina de lavar e um sofá estão impedindo o escoamento da água, que deveria seguir para o riacho Alagadiço.

Durante a madrugada, o campus registrou falta de energia. De acordo com a universidade, o problema ocorreu das 4h30 às 7h40 e foi causado por falha no fornecimento da Coelce (empresa de energia).

Fonte: Da Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog