Aldo ocupará pela segunda vez um ministério do governo; saiba mais

Deputado desde 1991, o novo ministro do Esporte, Aldo Rebelo, cumpre o seu sexto mandato na Câmara dos Deputados.

Está será a segunda vez que ocupará um ministério. De janeiro de 2004 a julho de 2005, Aldo foi ministro de Relações Institucionais do primeiro governo Lula.

Aldo Rebelo é um dos assuntos mais tuitados pelo 2º dia
Aldo confirma que assumirá Esporte; posse será na segunda
Orlando Silva diz que deixa ministério para salvar sua honra
‘Dilma tenta se equilibrar politicamente’, diz ex-ministro do Turismo
Cantanhêde: Queda de ministro nivela a esquerda e a direita no Brasil
Leitor diz ser contra financiamento público de ONGs

Sérgio Lima/Folhapress
Aldo confirma que assumirá Esporte; posse será na segunda-feira
Aldo confirma que assumirá Esporte; posse será na segunda

Agora um dos responsáveis pela organização da Copa do Mundo de 2014, Aldo Rebelo também presidiu a CPI que investigou a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) entre 2000 e 2001.

Aldo foi eleito presidente da Câmara em setembro de 2005 depois do escândalo que derrubou Serevino Cavalcanti.

Em 2007, ele tentou se reeleger mas perdeu a disputa para o petista Arlindo Chinaglia.

Uma das suas propostas mais polêmicas foi a tentativa de reduzir o uso de estrangeirismos no país.

Nos últimos dois anos, destacou-se no debate politico por ter sido relator do Código Florestal, quando foi criticado principalmente pelos ambientalistas.

Ele também ficou conhecido pela apresentação do projeto que criava o Dia Nacional do Saci-Pererê –para substituir o Halloween– e a proposta conhecida por Pró-Mandioca –que tornaria obrigatória a adição de 10% da raspa da mandioca na farinha de trigo usada no pão francês.

Neste ano disputou uma vaga no TCU (Tribunal de Contas da União), mas perdeu para a deputada Ana Arraes (PSB-PE).

Antes de ser deputado, ele foi vereador de São Paulo entre 1989 e 1991.

Aldo se filiou ao PC do B em 1985, quando deixou, após cinco anos, o PMDB.

De 1980 a 1981, ele foi presidente da UNE (União Nacional dos Estudantes). Em 2008, foi candidato a vice-prefeito na chapa derrotada de Marta Suplicy na disputa pela Prefeitura de São Paulo.

Ele chegou a estudar por quatro anos a Faculdade de Direito da Universidade Federal de Alagoas, sem completar o curso.

Nascido em Alagoas em 1956, Aldo se apresenta como jornalista, escritor e deputado eleito por São Paulo.

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog