Alessandro pede equilíbrio e minimiza possível pressão vascaína

Um resultado que não seja a vitória contra o Vasco, no próximo domingo, em São Januário, poderá custar duas posições ao Corinthians no Campeonato Brasileiro. Apesar disso, o lateral direito Alessandro minimizou uma possível pressão inicial dos donos da casa e pediu equilíbrio à equipe.

“Esse propósito nosso [defensivo ou ofensivo] vai ser definido pelo Tite. Mas temos de segurar a pressão inicial e tentar sair para o jogo. Nem atacar demais nem ser muito defensivo, tem de ter equilíbrio”, afirmou Alessandro em entrevista coletiva no Centro de Treinamento Joaquim Grava.

O Corinthians tem 47 pontos na competição nacional, dois a menos que o líder Vasco e um a mais que São Paulo. O Botafogo é o quarto colocado, com 45 pontos. Assim, uma vitória colocaria o time alvinegro paulista na liderança, mas um empate ou derrota pode derrubá-lo para a quarta colocação.

Por conta dessa combinação de resultados, Alessandro disse que os resultados dos rivais diretos na briga pelo título poderão decidir se o empate é um bom resultado.

“O importante é trabalharmos por vitória e só saberemos se o empate será positivo depois dos jogos da rodada”, afirmou o corintiano.

O São Paulo recebe o Flamengo, enquanto o Botafogo encara, fora de casa, o Atlético-GO. Com exceção do time de General Severiano, que joga às 18h de domingo, as partidas do São Paulo e do Corinthians ocorrerão às 16h.

Robson Ventura/Folhapress
Alessandro durante treino do Corinthians
Alessandro durante treino do Corinthians

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog