Andres diz que Corinthians não teme Palmeiras e cutuca Valdivia

O presidente do Corinthians, Andres Sanchez, evitou polemizar a respeito do clássico contra o Palmeiras, no próximo domingo, que vale o título nacional.

“Cada um com seus problemas. Só digo que será um jogo difícil e em clássico tudo pode acontecer”, disse o presidente corintiano, durante evento do Sindicato do Futebol, que é presidido pelo ex-presidente do Palmeiras Mustafá Contursi.

“Historicamente é um jogo decisivo. Se pudéssemos ter decidido [o título] antes, seria melhor”, contou.

Questionado sobre declarações de Valdivia, que ontem disse que é uma “questão de honra” derrotar o Corinthians, o cartola alvinegro o alfinetou. “Para um jogador do nível dele é melhor nem responder”, afirmou.

Para o presidente corintiano, o Palmeiras não entrará em campo sob clima de decisão.

“O Palmeiras vai jogar para ganhar um clássico. Vai ser difícil para os dois, pois a rivalidade sempre vai existir. A gente fica ansioso, é uma responsabilidade grande dar alegria a milhões de torcedores. Mas infelizmente [a decisão] ficou para o final”.

E também afirmou que seu time não teme a equipe de Luiz Felipe Scolari. “O Corinthians não teme ninguém, mas respeita seus adversários”.

Por fim, Andres se esquivou quando questionado sobre seu papel na CBF, a partir de 2012: “Ainda sou o presidente do Corinthians.”

Ricardo Nogueira – 11.out.11/Folhapress
O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez
O presidente do Corinthians, Andres Sanchez, que virará dirigente da CBF após deixar o cargo no time paulista

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog