Andres diz que ele e Lula fizeram o Itaquerão

O presidente do Corinthians, Andres Sanchez, disse que o estádio do Corinthians, o Itaquerão, está sendo construído graças ao seu empenho e ao do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em entrevista para a revista “Época” que chegou às bancas neste sábado. O cartola afirma que o gasto da arena deve ser maior que R$ 1 bilhão e que a história poderia ficar “difícil para o Lula”.

Dilma e Blatter vão se reunir para discutir Lei Geral da Copa
Corinthians descumpre acordo, e Procuradoria pode pedir embargo na arena
Acompanhe em tempo real a construção do Itaquerão
Para você, como o estádio do Corinthians deve ser chamado?
Veja o especial Copa-2014

“Quem fez o estádio fui eu e o Lula. Garanto que vai custar mais de R$ 1 bilhão. Ponto. A parte financeira ninguém mexeu. Só eu, o Lula e o Emílio Odebrecht [presidente do conselho de Administração da Odebrecht]”, disse para a revista “Época”.

“O dia em que essa história vier a público, vai ficar feio para quem? Não vai ficar feio para ninguém. Vai ficar, talvez, não imoral, mas difícil para o Lula. Porque vão falar: ‘Pô, como é que uma empreiteira se submete a fazer isso? Por que o presidente pediu?”, completa.

  Luiz Carlos Murauskas-20.jul.2011/Folhapress  
O presidente do Corinthians, Andres Sanchez, durante evento no terreno do Itaquerão
O presidente do Corinthians, Andres Sanchez, durante evento no terreno do Itaquerão

As obras no estádio do Corinthians, em Itaquera, zona leste de São Paulo, tiveram início no dia 30 de maio deste ano e a conclusão está prevista para dezembro de 2013. O custo total da obra, divulgado até o momento, é de R$ 870 milhões.

O cenário político indica que a arena tem grande possibilidade de abrir o Mundial, dada a proximidade entre o presidente corintiano e o homem forte do COL (Comitê Organizador Local), Ricardo Teixeira, também presidente da CBF.

O anúncio oficial acontecerá em outubro e gera expectativa, pois a abertura é um evento mais caro e complexo que a própria final da competição, que será no Maracanã.

O Itaquerão terá capacidade para 48 mil pessoas, sendo que para a Copa, com ajuda de dinheiro público, terá sua capacidade ampliada para 68 mil espectadores. Até o momento, mais de 10% das obras foram concluídas, segundo a Odebrecht, construtora responsável.

  Rivaldo Gomes/Folhapress  
Obras do estádio corintiano no terreno em Itaquera; clique na foto e veja galeria
Obras do estádio corintiano no terreno em Itaquera; clique na foto e veja galeria

Andres Sanchez é presidente do Corinthians desde 9 de outubro de 2007, quando assumiu para um mandato tampão. Em 14 de fevereiro 2009, foi reeleito para ficar até fevereiro de 2013, mas já disse que pretende ficar até o final deste ano e, que por isso, pretende convocar uma eleição para dezembro próximo.

Andres já confirmou que vai apoiar a candidatura do delegado Mario Gobbi para a eleição do clube. Gobbi foi vice-presidente de futebol entre 2008 e 2010, quando pediu afastamento do cargo –Roberto Andrade é que ocupa a função deste então.

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog