Após 35 dias parado, Ganso está liberado para treinos físicos

O meia-atacante Paulo Henrique Ganso correu ontem pela primeira vez pelo gramado do CT santista desde que se contundiu no amistoso da seleção brasileira contra Gana, no dia 5 de setembro.

O jogador teve lesão muscular na coxa esquerda e, a princípio, ficaria afastado do futebol por pelo menos um mês.

A nova expectativa santista é que Ganso seja liberado para se juntar ao grupo comandado por Muricy Ramalho em um período máximo de dez dias.

Ricardo Saibun/Santos FC
Paulo Henrique Ganso durante treino do Santos no CT Rei Pelé
Paulo Henrique Ganso durante treino do Santos no CT Rei Pelé

Um dos atletas mais valorizados do país, o meia soma, neste ano, mais de cinco meses como desfalque para o Santos devido a problemas físicos.

Além dele, Elano é outro nome importante que está no departamento médico –deve retornar em um mês e meio.

Sem ambições no restante do Brasileiro, o Santos volta a campo na quinta, contra o Atlético-MG, em Sete Lagoas.

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog