Após lambança, pai de Hamilton critica os empresários do filho

Um dia após Felipe Massa sugerir que o pai de Lewis Hamilton seria o único capaz de lhe dar juízo numa temporada em que só se envolveu em confusões, Anthony Hamilton passou a responsabilidade para a empresa que gerencia a carreira do piloto inglês.

Massa ‘agradece’ a Hamilton com tapa após acidente; veja
Chefe da McLaren defende Hamilton após confusão com Massa
Massa se queixa de comportamento de Hamilton após pneu furado

Christof Stache – 1º.ago.2008/Associated Press
O piloto inglês Lewis Hamilton (dir.) ao lado do pai, Anthony
O piloto inglês Lewis Hamilton (dir.) ao lado do pai, Anthony

“Acho que os empresários de Lewis precisam fazer mais por ele”, disse o pai de Hamilton à rede de TV inglesa BBC sobre o episódio ocorrido no GP de Cingapura, anteontem, vencido por Sebastian Vettel, que agora só precisa de um ponto para ser bicampeão.

“Se você olhar no paddock, vai ver que todos os pilotos têm empresários, e eles estão sempre por perto [Hamilton estava sozinho em Cingapura]”, disse Anthony, que até o início do ano gerenciava a carreira do filho.

Depois de alguns desentendimentos, especialmente sobre o rumo que Hamilton queria dar a sua carreira, os dois romperam, e o piloto assinou contrato com a Simon Fuller’s XIX Entertainment, que cuida também de David Beckham e Andy Murray.

O imbróglio de anteontem aconteceu quando Massa vinha na quarta posição e foi atingido por Hamilton.

Com o pneu furado, o ferrarista teve sua corrida comprometida e chegou na nona colocação. Hamilton, por sua parte, levou um drive-through, caiu para 19° e fez uma prova de recuperação –completou-a em quinto lugar.

Ao final da corrida, Massa foi tirar satisfações com o piloto inglês durante uma entrevista e chegou a lhe dar um forte tapa no ombro depois de ter tentado, em vão, chamar duas vezes sua atenção.

“Talvez seja o caso de a FIA prestar mais atenção, porque ele [Hamilton] é punido e não aprende”, declarou Massa.

Hamilton, 26, não comentou a mais recente polêmica em que se envolveu. Após ter sua entrevista interrompida por Massa, parou de falar com os jornalistas e foi para os escritórios da McLaren.

Martin Whitmarsh, chefe do time inglês, foi o único a falar sobre a polêmica.

“Inegavelmente este não tem sido um bom ano para Lewis. Mas tenho certeza de que ele vai colocar a cabeça no lugar nestas cinco corridas que faltam e vai tentar vencer o Mundial do ano que vem”, disse.

Hamilton é o quinto no campeonato, com 168 pontos, 17 a menos que seu companheiro de equipe, Jenson Button, o vice-líder do Mundial. Vettel tem 309 pontos e deve se sagrar campeão noJapão, em duas semanas.

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog