Assassinato dentro de igreja no Cabo de Santo Agostinho

Um homem foi arrastado de dentro da Assembleia de Deus do Loteamento Novo Horizonte, na Charneca, Cabo de Santo Agostinho (Grande Recife) e executado a tiros no meio de um culto do qual participavam 50 pessoas, na noite desse domingo (23). Dois homens desceram de uma moto preta, entraram de capacete e levaram Fernando Amorim Anselmo, 44 anos, até a porta. Ele levou vários tiros ainda dentro da igreja. Três fiéis acabaram baleados no tiroteio.

A vítima frequentava o templo há sete anos. Segundo moradores, era uma pessoa querida. Trabalhava como cabeleireiro e morava próximo ao local do crime. Ninguém arriscou apontar motivo para o assassinato. A Força-Tarefa de Homicídios da Polícia Civil esteve na localidade, mas os suspeitos de praticar o homicídio não tinham sido encontrados até as 23h.

Duas mulheres e um homem feridos deram entrada no Hospital Mendo Sampaio, no Cabo, às 21h. Atingida de raspão, uma delas recebeu alta em seguida. Mas os outros dois, com tiros nas pernas, foram transferidos para o Hospital Dom Helder, na mesma cidade. Não correm risco de morrer.

No Recife, dois crimes marcaram a noite. O primeiro ocorreu em um bar na comunidade Entrapulso, na Rua Bruno Veloso, Boa Viagem. Uma cliente, Severina Josefa da Conceição, 50, foi surpreendida por outra mulher e esfaqueada. Morreu ao dar entrada no HR.

Às 20h, dois homens atacaram um sargento reformado da PM no Barro, Zona Oeste. João Batista Ribeiro, 59, voltava de uma padaria e dirigia-se a sua casa, na Rua Esperança, quando foi atingido por objeto contundente. Também nos dois casos da capital, os autores dos crimes fugiram.

Do Jornal do Comércio

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog