BC projeta recuo no preço da gasolina entre julho e dezembro

O Banco Central manteve a projeção de uma “reversão parcial” do aumento de 6,3% no preço da gasolina verificado até julho.

Na ata do Copom (Comitê de Política Monetária) divulgada nesta quinta-feira (8), a instituição diz que espera uma alta acumulada de 4% neste ano, mesma projeção divulgada na reunião anterior do Copom, em julho. Isso significa que os preços irão recuar entre aquele mês e dezembro.

BC prevê inflação menor e ‘ao redor’ de 4,5% em 2012, diz ata do Copom
Inflação sobe 0,37% em agosto e acumula 7,23% em 12 meses
Preços de itens ligados a vícios sobem mais que inflação
Mercado eleva previsão de inflação e reduz para PIB e Selic

A estimativa para o reajuste no preço do gás de botijão também foi mantida, neste caso, em 0%. As projeções de reajuste das tarifas de telefonia fixa e eletricidade continuam em 0,9% e 4,1%, respectivamente.

A projeção para todos os preços administrados por contrato e monitorados passou de 4,9% para 5,0%. Esses itens responderam por quase 30% da inflação até julho. Em 2012, esses mesmo preços devem subir 4,4%, segundo o BC.

POLÍTICA FISCAL

O BC passou a trabalhar com uma meta de superavit das contas públicas equivalente a cerca de 3,15% do PIB para 2011, depois que o governo decidiu usar para pagar os juros da dívida o aumento de R$ 10 bilhões nas receitas.

A instituição também utiliza “como hipótese de trabalho”, superavit primário em torno de 3,10% do PIB em 2012 e 2013, sem descontos.

Fonte: Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog