Berlusconi gastou milhões com mulheres, revela jornal

O primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, 74, gastou milhões de euros com dançarinas, atrizes e apresentadores de televisão, segundo revelam extratos bancários que vieram a público nesta quinta-feira.

De acordo com os dados bancários, o premiê deu o equivalente a quase € 3 milhões como presentes para suas admiradoras e gastou um adicionais de € 337 mil em joias, que distribuiu como presente.

As revelações vieram à tona um dia após Berlusconi entregar às pressas aos líderes europeus uma carta em que assume compromissos para evitar que a crise econômica se agrave na Itália, entre elas o aumento da idade de aposentadoria de 65 para 67 anos de idade.

Os detalhes da movimentação bancária do premiê italiano foram obtidos pelo jornal italiano “La Repubblica” e constam de um inquérito aberto em Florença contra Denis Verdini, coordenador nacional do partido de Berlusconi, PDL, que está sendo investigado por suposta corrupção em concessão de contratos de obras públicas.

Thierry Charlier/France Press
O primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, cujos extratos bancários revelam gastos milionários com mulheres
O primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, cujos extratos bancários revelam gastos milionários com mulheres

Os documentos mostram que entre janeiro de 2007 e junho de 2008, o bilionário premiê pagou € 17 milhões a seus amigos e associados, inclusive aliados políticos, equipe pessoal e seu irmão Paolo, que edita o jornal direitista “Il Giornale”.

Os pagamentos a jovens glamourosas somaram € 2,7 milhões. Um dos maiores gastos, de € 150 mil euros, foi para Virginia Sanjust, uma ex-apresentadora de TV e aristocrata toscana, que alugou sua moradia de verão para o premiê inglês David Cameron passar férias em família.

Berlusconi pagou ainda € 135 mil para Raissa Skorkina, uma modelo russa que trabalhou na Billionaire, uma boate “vip” na região da Sardenha.

Skorkina é uma das 30 mulheres citadas no julgamento de Milão em que Berlusconi é acusado de abuso de pagar para ter relações com mulheres menores de idade.

Os pagamentos também incluem uma modelo de revista masculina que é conhecida pela imprensa italiana como “Abelha Rainha” de Berlusconi. Ela recebeu € 50 mi. Já a ex-Miss Lituânia Rasa Kulyte recebeu € 220 mil, segundo os documentos divulgados pela imprensa italiana.

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog