Brasil felicita Palestina por admissão plena na Unesco

O Brasil felicitou em comunicado nesta segunda-feira a Palestina por ter sido admitida como Estado membro pleno na Unesco, agência cultural da ONU (Organização das Nações Unidas), durante votação na 36ª Conferência Geral.

“O governo brasileiro felicita a Palestina por sua admissão como membro pleno da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura”, disse o Ministério das Relações Exteriores em nota.

A Unesco decidiu admitir a entrada da Palestina como membro total no órgão, mesmo com opositores afirmando que isso poderia ameaçar os esforços de paz na região. O Brasil deu voto a favor do ingresso.

A resolução foi aprovada com 107 votos a favor e 52 abstenções. Foram contra 14 membros, entre eles Estados Unidos, Israel, Canadá e Alemanha. Rússia, China, Índia, África do Sul e França também votaram a favor. O Reino Unido se absteve da votação.

“Esta votação vai apagar uma pequena parte da injustiça cometida contra o povo palestino”, afirmou o ministro das Relações Exteriores palestino, Riyad al-Malki.

Para conceder o status de Estado-membro à Palestina, a Unesco necessitava do voto afirmativo de dois terços dos 193 países representados na votação.

A condição anterior dos palestinos era de membro observador. A solicitação de mudança de status é parte da batalha diplomática empreendida pelo povo árabe para que sejam reconhecidos como Estado, o que culminaria em sua tentativa de ingressar na ONU.

A agência é a primeira da organização em que os palestinos buscaram integração como membro total desde que o presidente da ANP (Autoridade Nacional Palestina), Mahmoud Abbas, entrou com o pedido de assento na ONU, em 23 de setembro.

DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog