Brasileira programa ‘festa a dois’ com dominicano após ouro

A brasileira Lucimara Silvestre, do heptatlo,ganhou o ouro no Pan, nesta quarta-feira, mas programou a festa da comemoração apenas na próxima sexta.

Maurren revela apelido de ‘trigatas’ de brasileiras ouro no Pan
Veja as melhores fotos do Pan
Veja os medalhistas do Brasil
Confira o especial do Pan
Veja o quadro de medalhas do Pan

Mark Ralston – 01.set.11/France Presse
O dominicano Felix Sanchez após os 400 m no Mundial de Daegu
O dominicano Felix Sanchez após os 400 m com barreiras no Mundial de Daegu

O dia de espera é em razão da volta do ‘namorinho’ com o dominicano Felix Sanchez, campeão olímpico e mundial dos 400 m com barreira. Ele compete nesta quinta-feira em Guadalajara.

“Comemoração só dia 28, vai ser a dois, só isso que posso falar”, disse Lucimara, que quebrou o recorde sul-americano do heptatlo, que consiste na junção das provas de 100 m com barreira, salto em altura, arremesso de peso, 200 m rasos, salto em distância, lançamento de dardo e 800 m rasos.

Em contato com a Folha na noite desta quarta-feira, Felix limitou-se a responder: “Não vou falar da minha vida pessoal”.

Martin Bernetti/France Presse
Lucimara Silvestre comemora a conquista da medalha de ouro no heptatlo
Lucimara Silvestre comemora a conquista da medalha de ouro no heptatlo

Lucimara e Felix mantiveram um relacionamento há alguns anos. Ela tem uma tatuagem com o nome do dominicano nas costas. Mas não vinham se encontrando nos últimos anos.

“Agora está tudo bem, já falei com ele aqui, acertamos tudo já”, afirmou a brasileira que não quis responder se eles estão namorando.

“Ele torceu muito para mim. Ontem (terça-feira) a gente conversou por e-mail e ele me deu boa sorte, disse que o ouro já era meu. Vou torcer para o Felix amanhã, para dar uma briguinha de medalha entre eu e ele”, brincou Lucimara.

A agora campeã pan-americana conquistou a medalha de bronze no Pan do Rio, em 2007, foi para a Olimpíada de Pequim-2008 e foi pega no escândalo de doping que envolveu atletas da Rede Atletismo em 2009. Ficou dois anos suspensa e voltou a competir em meados de 2011.

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog