Cañete é operado e deve ficar até 8 meses fora dos gramados

Contratado no meio do ano por aproximadamente R$ 4,5 milhões, o argentino Marcelo Cañete chegou ao São Paulo para ser o maestro do time em campo. Mas depois de entrar em somente dois jogos e pouco mostrar, o meia terá que esperar para voltar a jogar.

Luiz Pires/Divulgação
Cañete durante treino do São Paulo
Cañete durante treino do São Paulo

O jogador foi operado nesta terça-feira para corrigir o ligamento cruzado do joelho direito, rompido na partida ante o Vasco. Assim, ficará de fora da equipe por um período que varia de seis a oito meses.

Segundo o site oficial do clube, o argentino ficará internado até o fim da semana no hospital. Depois que receber alta, ele fará tratamento em casa com os fisioterapeutas do São Paulo e a partir da próxima segunda-feira, iniciará os trabalhos no Reffis.

“Ele ficará aqui no CT até ter liberdade para andar bem, mesmo que com muletas. Será um período de quatro a seis semanas”, disse o médico José Sanchez ao site do clube.

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog