Clássico dos Clássicos pode definir destino de Náutico e Sport na Série B

O Clássico dos Clássicos no próximo sábado (29) certamente vai mexer com os nervos de alvirrubros e rubro-negros. Separados por cinco pontos na tabela, Náutico e Sport se enfrentam pela última vez no ano que começou com uma disputa quente pelo Hexa.

O Leão, então pentacampeão estadual, queria igualar o feito alvirrubro conquistado na década de 60, enquanto que o Timbu queria impedir. Acabou que o Santa Cruz foi campeão pernambucano e o Sport pela segunda oportunidade não conseguiu levantar o título pela sexta vez consecutiva.

O Pernambucano é passado e agora ambos almejam voltar à elite do futebol nacional. Em situação um pouco mais tranqüila, o Náutico, que durante praticamente todo o campeonato esteve no G4, ocupa a 3ª posição com 53 pontos. Precisa de mais 11 para garantir o acesso.

O Sport tropeçou nas últimas rodadas e poderia estar junto do Timbu. Está em 6º com 48 pontos. Os principais adversários pela vaga, Americana-SP e Boa Esporte-MG também tropeçaram, mas o problema é que a turma que estava embaixo subiu e embolou tudo.

Dependendo dos resultados da rodada, o time leonino pode cair para a nona posição e ver a Série A ficar cada vez mais longe, ou, dependendo da combinação dos outros jogos, tomar a 4ª posição e se juntar aos alvirrubros no grupo dos quatro melhores.

No primeiro turno o Sport levou a melhor no Clássico: 2 a 0 na Ilha do Retiro. Agora o jogo é nos Aflitos onde o Náutico está invicto na competição. O Timbu não corre o risco de sair do G4 nesta rodada, mesmo perdendo, mas não pode dar mais brechas à sorte e precisa garantir a vaga entre os quatro melhores.

A depender dos próximos adversários o caminho alvirrubro parece ser bem mais tranqüilo. Nas últimas cinco rodadas do primeiro turno, O Náutico conquistou 11 pontos contra Asa, Barueri, São Caetano, Boa Esporte e Ponte Preta. Foram três vitórias (Asa, São Caetano e Boa) e dois empates (Barueri e Ponte Preta). Resultados que, se repetidos, garantem o time na Série A em 2012.

Por outro lado o Sport fez apenas seis pontos contra os últimos cinco adversários. Perdeu para Boa Esporte, para Portuguesa e Americana e venceu Paraná e Vila Nova. Mesmo vencendo o Náutico e apenas repetindo estes resultados, não melhorando o desempenho, o Leão chegaria a apenas 57 pontos, pouco para chegar ao acesso.

O fato é que o Clássico dos Clássicos será mesmo o divisor de águas. Ou o Sport vence e segue na briga ou dá adeus ao sonho de retornar à Série A. E o Timbu tem a chance de completar o pesadelo que está sendo o 2011 rubro-negro.

Com Do NE10

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog