Comissão convoca ministra para falar sobre concursos públicos

A Comissão de Trabalho, Administração, e Serviço Público da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (21) requerimento de convocação para que a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, explique a situação dos concursos públicos na administração federal. Como se trata de convocação e não convite, a ministra é obrigada a comparecer.

A ministra Miriam Belchior, durante audiência no Senado (Foto: Agência Senado)
A ministra Miriam Belchior (Foto: Agência Senado)

Em março do ano passado, o governo suspendeu a realização de concursoscomo medida de contenção de gastos públicos. Conforme requerimento aprovado, desde então o governo não abre novos concursos.

“O requerimento que ora apresento visa oferecer uma discussão ampla, geral e irrestrita sobre o impacto em toda a Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional da suspensão, por tempo indeterminado, da realização de concursos públicos bem como de provimento de cargos públicos efetivo no âmbito do Poder Executivo Federal”, diz o requerimento de convocação, de autoria da deputada Andreia Zito (PSDB-RJ),

Os deputados da comissão também pretendem questionar a ministra sobre o corte de R$ 368 milhões nas chamadas “despesas discricionárias” (sobre as quais tem mais controle) no Orçamento de 2012. De acordo com o governo federal, o corte total no orçamento passou, após esta avaliação, de R$ 55 bilhões para R$ 55,07 bilhões. O novo corte foi anunciado nesta terça.

saiba mais

 O ministro da Fazenda, Guido Mantega, também foi chamado à comparecer à Câmara dos Deputados. Foi aprovado requerimento de convite para que ele participe de audiência pública na Comissão de Finanças e Tributação. O objetivo é debater as medidas adotadas pelo governo no enfrentamento da crise econômica internacional.

No entanto, deputados da oposição devem fazer perguntas sobre as circunstâncias da demissão do presidente da Casa da Moeda, Luiz Felipe Denucci, após denúncias de corrupção. A Casa da Moeda, que foi fundada em 1694, é ligada ao Ministério da Fazenda.

Fonte: Do G1, em Brasília

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog