Construtoras do Brasil multiplicam obras no exterior

Ancoradas no BNDES, exportações de serviços de construtoras brasileiras explodiram. De 2001 a 2010, o banco aumentou 1.185% o financiamento para obras no exterior, sobretudo América do Sul e África, relata Patrícia Campos Mello em reportagem publicada na Folha deste domingo.

  Joel Silva – 13.mai.10/Folhapress  
Operário trabalha na construção de usina de álcool na província de Malange, no interior de Angola; obra é da Odebrecht
Operário da Odebrecht trabalha na construção de usina de álcool na província de Malange, no interior de Angola

Luciene Machado, superintendente da área de comércio exterior do BNDES, afirma que a demanda nunca foi tão grande. Ela prevê que os desembolsos do banco cheguem a US$ 1,3 bilhão em 2011, uma alta de 38% sobre o ano passado.

Segundo dados coletados pelo Banco Central, a exportação de serviços de engenharia subiu 208% em sete anos, e o investimento brasileiro direto em infraestrutura e construção de edifícios teve alta de 186% em cinco anos.

  Reprodução  

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog