Dilma enfrenta buzinaço de servidores ao chegar a evento em SP

Ao chegar a um evento na Faculdade de Medicina da USP, a presidente Dilma Rousseff enfrentou um buzinaço organizado por servidores da Justiça Federal de São Paulo.

Dilma participou da posse do médico Roberto Kalil Filho como professor titular do Departamento de Cardiopneumologia da faculdade.

Os servidores do Judiciário estão em greve desde o dia 27 de setembro. Eles reclamam que estão sem reajuste desde 2006 e que também querem a aprovação do projeto que trata do plano de carreira dos funcionários.

Participaram da cerimônia de posse, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), o prefeito da cidade, Gilberto Kassab (PSD), o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), e o ex-governador José Serra. O único a discursar foi Kalil.

Além de professor da USP, Kalil é conhecido por ser o médico que atende diversos políticos, como o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que iniciou recentemente um tratamento contra um câncer na laringe.

Formado pela Unisa (Universidade de Santo Amaro), Kalil é doutor e professor livre-docente pela USP (Universidade de São Paulo) e com curso de especialização na Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos. Ele também é diretor do centro de cardiologia do hospital Sírio-Libanês.

Antes da cerimônia, o ministro Alexandre Padilha (Saúde) foi cercado por estudantes de medicina, que reclamavam dos critérios para a escolha da residência médica. Ele conversou com os alunos por mais de 15 minutos sobre a questão.

Roberto Stuckert Filho/PR
Dilma durante a posse de Roberto Kalil como titular do departamento de Cardiopneumologia da USP
Dilma durante a posse de Roberto Kalil como titular do departamento de Cardiopneumologia da USP

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog