Dilma Rousseff lança plano inédito para deficientes

O governo federal prepara um programa para as pessoas com deficiência que inclui projetos de saúde, educação, inclusão ao mercado de trabalho e acessibilidade. O investimento pode chegar a R$ 10 bilhões até 2014.

A informação é da reportagem de Natuza Nery e Johanna Nublat publicada na edição desta terça-feira da Folha.

Há uma segunda versão do plano, com menor número de ações e gasto estimado de R$ 7 bilhões. A presidente Dilma Rousseff deve se reunir hoje com sua equipe para conhecer a proposta. O lançamento ocorre nos próximos dias.

O plano prevê a entrega de mais de mil veículos escolares adaptados nos próximos três anos, em uma parceria com Estados e municípios. Para o mercado de trabalho, a ideia é criar um banco nacional de profissionais, espécie de agência virtual de empregos.

Pessoas com deficiência terão ainda, conforme o texto preliminar obtido pela Folha, facilidades e garantia de acessibilidade no Minha Casa, Minha Vida.

Segundo o Censo 2000, 14,5% da população apresenta algum tipo de incapacidade ou deficiência.

Editoria de Arte/Editoria de Arte/Folhapress

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog