Dólar vale R$ 1,77; indicador prévio da Bolsa aponta leve alta

O dólar comercial é negociado por R$ 1,773 nas primeiras operações registradas nesta terça-feira. A taxa representa um recuo de 0,39% em relação ao fechamento de ontem, quando os preços da moeda americana subiram quase 3%.

Já o contrato futuro de Ibovespa, negociado na BM&F, aponta alta de 0,21%, projetando os 57.530 pontos no vencimento de outubro.

De forma geral, esse contrato reflete as expectativas dos grandes investidores para o desempenho da Bolsa de Valores ao longo do dia, e serve como um indicador prévio para a abertura do mercado, prevista para as 10h (hora de Brasília).

Na Europa, as principais Bolsas europeias operam no terreno positivo, a exemplo de Londres (alta de 1,13%) e Frankfurt (2,07%).

Os mercados parecem resistir bem à notícia de que a agência de classificação de risco de crédito Moody’s rebaixou o “rating” (nota de risco) da Itália, embora ainda mantendo os títulos do país como papéis do tipo “grau de investimento” (com menor probabilidade de insolvência).

Segundo analistas, alguns investidores trabalham com expectativas de que amanhã o Federal Reserve (banco central dos EUA) possa anunciar novas medidas para estimular a maior economia do planeta. E que os principais organismos econômicos da União Europeia ainda possam apresentar nesta semana novas soluções para a tragédia da Grécia, país que muitos economistas apontam como o mais sério candidato a anunciar um “default” (suspensão de pagamentos) no curto prazo.

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog