Em mensagem, Dilma fala em governar com ‘alma de prefeita’

A presidente Dilma Rousseff disse nesta terça-feira que gosta de “governar com alma de prefeita”. Segundo ela, “tocando problemas com as próprias mãos e ouvindo pessoas em praças públicas”.

Dilma afirmou ainda que trabalha “acima de interesse partidário e regional” e “livre de formalismo burocrático ou limitações politicas”.

A declaração faz parte de uma mensagem gravada pela presidente e exibida na abertura do 1º Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável, realizado, em Brasília, pela Frente Nacional dos Prefeitos.

Dilma está em viagem oficial à Índia, onde participa da quarta reunião do bloco que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul (Brics).

Para a presidente, essa aproximação com os cidadãos permite que ela reúna forças para “o bom combate e seguir em frente”.

Dilma fez questão de destacar a importância da “parceria” com os municípios especialmente para os programas sociais. Lembrou que está repassando até 2014 aos cofres dos prefeitos R$ 16 bilhões para obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), em áreas como saneamento, educação e saúde, além de cerca de R$73 para construção de moradias populares para baixa renda.

Na mensagem, a presidente evitou tratar sobre a polêmica reforma do Código Florestal, em discussão na Câmara, que opõe ambientalistas e ruralistas, mas destacou a importância de o país estar “comprometido com o desenvolvimento sustentável”, preservando florestas e garantindo a proteção ao meio ambiente.

A presidente ainda fez um “apelo” para ampliar a rede cegonha, que atende gestantes, e ações de combate crack.

Para ela, os chefes dos municípios também precisam ajudar a desenvolver o programa Brasil Sem Miséria, vitrine social do governo que pretende erradicar a pobreza extrema.

“Brasil Sem Miséria é o mais amplo, moderno e completo em execução no mundo para erradicação da pobreza”, disse.

Fonte: Da Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog