Ex-líder comunitário é morto a tiros em Manguinhos, no Rio

O ex-presidente da Associação de Moradores do Conjunto Ex-Combatentes, em Manguinhos, zona norte do Rio, Celso de Freitas, 50, foi morto a tiros na noite desta sexta-feira (28).

Segundo a Polícia Militar, moradores do local escutaram tiros por volta das 22h. Quando a polícia chegou para verificar a denúncia flagrou vários bandidos armados atravessando da favela do Jacarezinho para Manguinhos. Houve troca de tiros. Uma mulher de 48 anos, uma menor e um policial ficaram feridos.

Freitas foi encontrado baleado na avenida Dom Hélder Câmara e chegou em estado grave no Hospital Salgado Filho, no Méier, onde não resistiu aos ferimentos.

Ninguém foi preso. O caso está sendo investigado na 21ª DP (Bonsucesso).

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog