Exames não confirmam superbactéria em pacientes no CE

Os pacientes que estavam isolados em um hospital de Fortaleza com suspeita de infecção pela superbactéria KPC não estão contaminados. Segundo o Instituto do Câncer, onde eles estão internados, os exames realizados nestes pacientes ficaram prontos neste domingo (18) e os resultados deram negativo.

Superbactéria pode ter matado duas pessoas no Ceará

Há cerca de duas semanas, duas pessoas morreram no hospital com suspeita de KPC. Nestes casos, os exames apontaram a presença da superbactéria, mas, segundo a Secretaria de Saúde do Estado, será preciso fazer um novo teste para confirmar a infecção.

O diretor-clínico da unidade, Reginaldo Ferreira da Costa, disse que os cinco pacientes que também estavam com suspeita de contaminação estavam isolados na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) desde o dia 10. Quatro deles já retornaram para a enfermaria e um permanece internado na UTI devido a seu estado de saúde.

A KPC (Klebsiella Pneumoniae Carbapenemase) é um organismo super-resistente a antibióticos, que provoca infecções hospitalares. Há tratamento, mas com antibióticos mais fortes.

Fonte: Da Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog