Fifa se impressiona com rapidez do Itaquerão e estádio vai abrir a Copa

São Paulo ganhou espaço ontem na Copa-14. Como previsto, seu estádio, o Itaquerão, foi confirmado na tabela para ser palco da abertura do Mundial. E eventos relacionados à competição foram programados para a cidade.

As decisões saíram de reunião entre executivos da Fifa e do COL (Comitê Organizador Local) em Zurique, na Suíça, para fechar a tabela.

As informações não são oficiais porque dependem de chancela do Comitê-Executivo, o que ocorrerá na quinta, quando será feito o anúncio. Por isso, nenhum dos organismos comentou a reunião.

Moacyr Lopes Junior/Folhapress
Operários trabalham na construção do estádio do Corinthians; clique na foto e veja galeria
Operários trabalham na construção do estádio do Corinthians; clique na foto e veja galeria

Mas a indicação do estádio corintiano foi avalizada pela Fifa quando foi analisado o andamento das obras. A rapidez na execução da construção do Itaquerão deixou bastante impressionados os funcionários da entidade.

A Fifa agendou para o mês que vem uma visita ao estádio, que já estará escolhido para a abertura do Mundial. Ainda haverá outra inspeção para se analisar o local para a realização do sorteio da Copa das Confederações de 2013. Além do jogo inaugural, São Paulo ficará também com o Congresso da Fifa e com o seminário de árbitros.

Antes vista como atrasada pelo COL, São Paulo é agora uma cidade bem avaliada por técnicos do comitê e da Fifa.

Esse movimento coincide com a injeção de dinheiro público do governo e da Prefeitura de São Paulo na Copa-14. Do total de R$ 820 milhões previstos para o Itaquerão, mais da metade sairá por meio de incentivo público.

O crescimento paulista na Copa torna a competição mais concentrada no eixo Rio-São Paulo. Ontem, o Maracanã foi confirmado para a final da Copa, o que também passará por referendo.
O Rio ainda abrigará o centro de imprensa e a sede do COL, que será transferida para o Riocentro, na Barra da Tijuca, zona oeste da cidade.

Como compensação, Belo Horizonte e Brasília, candidatas à abertura e com obras bem avaliadas, são favoritas para receber as semifinais da Copa-14. Mas ainda há algumas pendências para a confirmação das duas cidades.

Pontos como a falta de hotéis na capital mineira ainda incomodam a Fifa, que vai analisá-los nesta semana. Há um representante de Belo Horizonte para dar explicações ao COL sobre o tema.

Essas cidades também são apontadas como possíveis sedes de partidas do Brasil, que só atuará em estádios com mais de 60 mil lugares.

Belo Horizonte, Brasília e Rio estão certas na Copa das Confederações. Fortaleza, elogiada pelas obras, Recife e Bahia disputam outras vagas. Manaus, Cuiabá e Natal ficarão com só quatro jogos do Mundial e estão fora da Copa das Confederações.

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog