Fora do PV, Marina fica sem palanque nas capitais

Apesar dos 19,6 milhões de votos que recebeu na corrida presidencial de 2010, a ex-senadora Marina Silva (sem partido) corre forte risco de submergir nas eleições municipais do ano que vem, informa reportagem de Bernardo Mello Franco, publicada na edição desta sexta-feira da Folha .

‘Não vou forçar a barra em 2012’, diz ex-senadora
Documento inicial do grupo de Marina ignora eleições de 2012
Heloísa Helena deve trocar PSOL por partido de Marina
Agora sem Marina, PV negocia volta à base aliada do governo

Arisa Cauduro – 08.jul.2011/Folhapress
Fora do PV, Marina Silva fica sem palanque nas capitais
Fora do PV, Marina Silva fica sem palanque nas capitais

Dois meses depois de sair do PV, ela não tem perspectiva de lançar candidatos de seu grupo político nas quatro maiores capitais que vão às urnas para eleger prefeitos: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Salvador.

A possível ausência de palanques e da propaganda de rádio e TV preocupa os “marineiros”. Reservadamente, alguns já admitem que a perda de visibilidade pode prejudicar o plano de concorrer de novo ao Planalto em 2014.

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog