Governador do DF admite ter recebido dinheiro de lobista

O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), admitiu ontem que recebeu em sua conta pessoal R$ 5.000 de um lobista quando trabalhava como diretor da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, em 2008, informa reportagem de Filipe CoutinhoFelipe Seligman eAndreza Matais, publicada na Folha

O dinheiro foi transferido para a conta de Agnelo por Daniel Almeida Tavares, que na época trabalhava para a farmacêutica União Química.

Suspeita no Esporte envolve cúpula do governo do DF
DEM vai pedir impeachment do governador Agnelo Queiroz
Tucano quer ouvir governador do DF sobre suspeitas no Esporte

Alan Marques – 29.ago.2011/Folhapress
Agnelo Queiroz, governador do DF, durante evento de xadrez em Brasília
Agnelo Queiroz, governador do DF, durante evento de xadrez

Segundo Agnelo, que nega ter recebido propina, o dinheiro era referente ao pagamento de um empréstimo que ele havia feito para Tavares.

“É mais uma tentativa desesperada da oposição de construir algo que relacione o governador a qualquer irregularidade”, afirma em nota.

Agnelo é investigado por ordem do STJ (Superior Tribunal de Justiça) por causa de irregularidades no Ministério do Esporte, pasta que comandou de 2003 a 2006, no governo Lula, antes de virar diretor da Anvisa, onde ficou de 2007 a 2010.

 

Editoria de Arte/Folhapress


Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog