Governo do Ceará afasta policiais militares envolvidos na ação que deixou 14 mortos em Milagres-CE

11/12/2018

Camilo Santana, governador do Ceará

Doze policiais militares envolvidos na troca de tiros com bandidos que tentaram assaltar duas agências bancárias de Milagres-CE na madrugada de sexta-feira, 7, foram afastados das ruas pelo Governo do Ceará. O grupo ficará atuando somente em processos administrativos até a conclusão das investigações. O afastamento ocorreu porque seis reféns morreram durante a operação, sendo cinco da mesma família de Serra Talhada-PE.

O governador Camilo Santana concedeu entrevista coletiva nessa segunda-feira, 10, na qual afirmou que vai acompanhar de perto o caso. Ele informou que já recebeu em seu gabinete chefes da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e da Controladoria Geral de Disciplina (CGD). Cerca de 40 agentes participam da equipe de investigação.

Camilo também entrou em contato com os prefeitos dos dois municípios onde os reféns residiam: Serra Talhada-PE e Brejo Santo-CE. Ao prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque, o governador cearense garantiu que será feita uma rigorosa apuração dos fatos para esclarecer todas as questões necessários e colocou seu governo à disposição para o que for preciso. Camilo pediu desculpas aos familiares das vítimas inocentes e toda população serra-talhadense.

Fonte: Blog Alvinho Patriota

Comentários

Parceiros do Blog