Gravatá se interliga ao sistema de abertura de empresas da JUCEPE

Com o objetivo de desburocratizar e agilizar o processo de abertura, alteração e extinção de empresas em Gravatá,  Agreste de Pernambuco,  o prefeito do município,  Bruno Martiniano,  e o presidente da Junta Comercial de Pernambuco (JUCEPE), Lula Cabral, assinam, nesta terça-feira (6), às 15 horas, na sede da prefeitura, o convênio para adesão do município ao Redesim, sistema implantado pela Junta que interliga, por meio da internet, as instituições envolvidas na legalização da atividade empresarial .

“Atualmente, o Redesim/PE já interliga a Jucepe com a Receita Federal, Secretaria da Fazenda, Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa) e mais 21 prefeituras”, afirma Lula Cabral. Segundo ele, isso já vem contribuindo para reduzir o prazo para legalização de empresas,  já que, por meio do Portal da Junta, o empresário pode não só pesquisar sobre a possibilidade do exercício da atividade na localidade escolhida, mas também  obtém a Inscrição Estadual, o registro no CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) e a licença da Apevisa.

A meta da Jucepe, até o final de 2014, é consolidar a implantação em 25 municípios, fazendo com que se possa obter o processo de legalização plena das empresas através do Redesim e, dessa forma, poder estender a plataforma para mais 80 municípios.  Além das prefeituras, as próximas instituições a serem interligadas serão o Corpo de Bombeiros Militar e a Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH).

Fonte: Do NE10

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog