Homem é preso em flagrante por estelionato no Expresso Cidadão

 

ca1b744e6da4584d63d09fd51674b63a.jpg

O delegado do Depatri, Marcelo Guerra, apresentou o caso na sede da Polícia Civil, na Rua da Aurora
Foto: Vanessa Silva/NE10

 

Durante a tentativa de emitir a 5ª carteira de identidade falsa, no Expresso Cidadão do bairro da Boa Vista, Centro do Recife, o estelionatário João Barbosa da Silva Junior, 22 anos, foi preso em flagrante por agentes do Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri) da Polícia Civil, na última sexta-feira (30).

De acordo com o delegado que apresentou o caso na manhã desta terça (4), Marcelo Guerra, o acusado se diz agricultor e é natural da cidade de Bezerros. Ele já teria tentado aplicar o mesmo golpe outras quatro vezes, apresentado documentos falsos ao solicitar carteiras de identidades registradas no nome de outras pessoas.

Funcionários da instituição teriam desconfiado da frequência do rapaz no local – sempre solicitando a primeira via do documento – e acionaram a Polícia, que deu início às investigações e conseguiu chegar ao criminoso no momento que ele apresentava uma certidão de nascimento também falsa.

Com ele foram apreendidos quatro certidões de nascimento, uma identidade, uma carteira de trabalho, uma carteira reservista e um título de eleitor – todos falsos. As identidades possuiam fotos diferentes de João Barbosa, com a mesma impressão digital.

“Isso não é trabalçho de uma pessoa só. Existe uma quadrilha por trás do golpe e nós vamos trabalhar para chegar até ela”, disse Marcelo Guerra. Em depoimento, o acusado disse que usaria o documento falso para conseguir crédito no comércio.

A Polícia acredita que o procedimento seja simples, mas não quis divulgar detalhes para que outras pessoas não sejam estimuladas a praticar o crime. “Diarimente são eimitidas 2 mil carteiras de identidade, o que dificulta checar a veracidade de todos os documentos”, confessou o delegado.

João Barbosa da Silva Junior irá responder pelo crime de apresentação de documento falso, e ainda por falsidade ideológica e falsificação de documentos. Ele já está no Centro de Triagem (Cotel) em Abreu e Lima, onde ficará à disposição da Justiça.

Com  Do NE10

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog