Índice que reajusta aluguel sobe na 2ª prévia do mês, diz FGV

O índice de preços mensurado pelo IGP-M (Índice Geral de Preços–Mercado), usado como referência na maioria dos contratos de aluguel, subiu 0,52% na segunda prévia do mês de setembro, ante alta de 0,33% no mesmo período de agosto.

No acumulado dos últimos 12 meses, a variação é de 7,33%, enquanto varia 4,02% no ano. O acumulado dos últimos 12 meses já chegou a 8,65%, em 29 de junho. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (19) pela FGV (Fundação Getulio Vargas). As prévias do IGP-M são apuradas em decêndios (períodos de dez dias).

O subgrupo que mais influenciou na alta foi alimentação (de um recuo de 0,13% para alta de 0,85%). Nesta classe de despesa, destacam-se os itens: hortaliças e legumes (-5,18% para -2,00%), frutas (2,18% para 6,12%) e carnes bovinas (0,05% para 1,45%).

O IPC (Índice de Preços ao Consumidor) registrou variação de 0,52, ante 0,08% no mês anterior. Neste subgrupo, cinco das setes classes de despesas apresentaram alta (incluindo alimentação). As baixas vieram da habitação (de 0,35% para 0,31%) e despesas diversas (0,10% para um recuo de 0,07%).

O IPA (Índice de Preços ao Produtor Amplo) acelerou para 0,59%, ante 0,45% no mês anterior.

O INCC (Índice Nacional de Custo da Construção) registrou alta de 0,09%, ante 0,18% no mesmo período de agosto.

A leitura referente ao período de setembro foi calculada com base nos preços coletados entre os dias 21 de agosto e 10 de setembro.

Com a Folha. com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog