Jovem presa por sexo com menina de 14 anos recebe oferta de acordo

A jovem de 19 anos acusada de fazer sexo com uma adolescente de 14 anos nos Estados Unidos recebeu a oferta de um novo acordo judicial que a pouparia de cumprir uma pena na prisão e de ser registrada como agressora sexual, tendo em troca que admitir duas contravenções e uma acusação criminal, segundo o jronal “New York Daily News”.

Kaitlyn Hunt foi presa em maio por manter uma relação homossexual com uma menor de idade – apesar de ela ter alegado que o sexo era consensual, a lei da Flórida, onde o caso ocorreu, estabelece que sexo com menores de 16 anos é crime, independentemente do consentimento.

Kaitlyn Hunt enfrenta acusação por manter relacionamento com colega de 14 anos (Foto: Hunt Family via Change.org/Reuters)

Kaitlyn Hunt enfrenta acusação por manter relacionamento com colega de 14 anos (Foto: Hunt Family via Change.org/Reuters)

Com o novo acordo, a jovem não ficará presa, não terá seu nome incluído no registro de agressores sexuais nem será obrigada a utilizar uma tornozeleira eletrônica durante seu período de condicional. Como pena, a jovem teria que cumprir 150 horas de serviços comunitários, se sujeitar a um toque de recolher e ficar em liberdade condicional.

Apesar da oferta, acredita-se que a jovem não aceitará o acordo – mesmo com a chance de ir a julgamento e ser condenada a até 15 anos de prisão. “Eles estão adicionando uma acusação”, reclamou a mãe de Kaitlyn.

A família da adolescente de 14 anos – que não foi identificada – disse ter alertado Kaitlyn para ficar longe da menina após descobrir o relacionamento. O caso foi denunciado depois que a menina fugiu de casa em janeiro com a suposta ajuda de Kaitlyn.

Fonte: Do G1

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog