JUAZEIRO SOCIAL CLUBE: NOTA DE ESCLARECIMENTO

 

Recentemente, em programas esportivos nas emissoras locais, entrevistas foram dadas por um Conselheiro do Juazeiro Social Clube sobre os fatos registrados na reunião do Conselho Deliberativo do Juazeiro Social Clube que ocorreu no dia 24 de agosto de 2011. Sempre o autor da entrevista preocupado em explicar para sociedade o teor de nossa proposta para ampliar o quadro de sócio de nosso time. Faz-se necessário apontar alguns fatos relevantes sobre o tema para evitar que a desinformação prevaleça e, pior, que provoque graves e irreparáveis prejuízos aos Conselheiros, aos cidadãos, à sociedade, à democracia e à Justiça.

Em primeiro lugar, nossa proposta de ampliar o quadro de sócios não tem ligação nenhuma com intenção de tirar o direito de votar dos 67 Conselheiros, hoje existentes, no Juazeiro Social Clube, mesmo porque não se tratou deste assunto na reunião. Prova de nossa afirmação é que, através do Presidente desse mesmo Conselho, Sr. Azemilson de Matos, convocamos os Conselheiros para apreciação de uma proposta que inicialmente achamos que era interessante para nosso time, sem qualquer outra intenção ou vontade.

Em segundo lugar, durante a reunião que terminou sendo tumultuada, que até agora não entendemos o motivo do tumulto, sempre conclamamos para ordem dos trabalhos e respeito aos presentes, pois entendemos que no mundo democrático temos obrigação de escutar e direito de concordar ou não, mas nunca temos o direito de impedir pessoas de expressar seus desejos.

Em terceiro lugar, é forçoso informar que a citada reunião começou em primeira chamada com 16 Conselheiros e terminou em segunda chamada com apenas nove conselheiros, o que nos indica para um numero pequeno para analise de matéria de tamanha importância para nosso Juazeiro Social. Sendo que a matéria foi desaprovada por seis votos contra e, três a favor, sob a justificativa que seria temeroso permitir que algum aventureiro se beneficiasse de duas contribuições e se lançasse candidato e se eleito, vim a comprometer a historia de nosso glorioso time.

Por mais que não saíamos satisfeitos da citada reunião, pelos fatos ocorridos, entendemos que tem que imperar as regras democráticas e seguir para o processo de eleição consoante os sessenta e sete Sócios Conselheiros existentes, por serem estes que podem votar e serem votados nas próximas eleições. Eleição esta que deverá estar sob observação, na medida do possível, de representantes da Federação Baiana de Futebol e Ministério Público.

Entendemos a preocupação de alguns Conselheiros que estavam presentes, apesar de não concordar com o comportamento de um, ainda que concordemos com sua posição, pois o mundo é feito de atitudes, vontades, sonhos e realizações, e nós simplesmente tivemos na idéia que nossa proposta era ideal, o que a maioria dos presentes nos mostrou que não era.

Quando fomos às emissoras de rádio prestar esclarecimentos acerca dos fatos, a todo o momento nos policiamos para não atacar quem quer que seja, pois não nos é dado este direito, e, quando falamos o nome do Sr. Emerson foi por insistência do entrevistador, mas sem qualquer intenção de acusá-lo de nada.

Para melhor juízo de todos e principalmente dos torcedores do Juazeiro Social Clube, esclarecemos que as eleições do Juazeiro Social Clube serão antecipadas para o mês de outubro, face ás proximidades do inicio dos trabalhos para temporada 2012, como também informar que os 67 (sessenta e sete) Sócios Conselheiros, hoje existentes, terão direito a votar e serem votados na forma do estatuto de nossa entidade.

De qualquer forma estamos felizes por ter feito uma proposta, ainda que não aceita, mas provamos para todos que é possível discutir o Juazeiro Social Clube, vez que podemos afirma que é uma entidade que goza de credibilidade, que todos sabem que foi recuperada a duras penas e sob a tutela da legalidade, impessoalidade, transparência de atitudes, abnegação e lealdade com aqueles que realmente amam o Juazeiro Social Clube, seus torcedores e Conselheiros!.

Esta nota visa somente proteger a imagem de nosso Juazeiro Social Clube e assim por fim em delongas que só irão tirar oportunidades de negócios para os futuros dirigentes. Desta forma entendemos estar protegendo o bem maior de nossa entidade, sua Imagem, anteriormente desacreditada pelos fatos traçados em bastidores, que não coadunam com os interesses sociais escritos e registrados em seus estatutos nem na vontade de seus torcedores.

Atenciosamente,

Juazeiro (BA.), 02 de setembro de 2011. 

Eládio Rocha Dourado Junior – Presidente do Juazeiro Social Clube

Com Blog do Geraldo José

 

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog