Justiça dá 60 dias para Prefeitura de Juazeiro contratar unidade hospitalar para realizar cirurgias ortopédicas

A pedido do Ministério Público da Bahia (MPBA), a Justiça determinou que, no prazo de 60 dias, a Prefeitura de Juazeiro contrate, por meio de procedimento adequado, unidade hospitalar para atender às demandas de cirurgias ortopédicas eletivas na cidade.

Autora da ação civil pública, a promotora de justiça Rita de Cássia Souza justifica que existe uma demanda reprimida de pacientes a espera de cirurgia ortopédica no município. “Há cerca de 54 pacientes aguardando realização de cirurgia da coluna, 114 pacientes aguardando cirurgia do joelho, um paciente aguardando cirurgia no punho e 32 esperam pela realização de cirurgia no quadril, segundo dados de dezembro de 2016”, afirmou a promotora.

Além disso, o Município deve informar ao MP, no prazo de 30 dias, as medidas que foram adotadas para o atendimento da população. A promotora de Justiça Rita de Cássia complementou que o número de pacientes que necessitam do serviço cirúrgico ortopédico “configura-se um interesse local importantíssimo para cerca de mais de 215 mil habitantes, população estimada pelo IBGE em 2018 apenas para Juazeiro”. A sentença foi assinada pelo juiz José Goes Silva Filho.

Fonte: Blog do Carlos Britto

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog