Justiça prorroga decisão que mantém Rosinha na Prefeitura de Campos

O TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Rio de Janeiro estendeu mais uma vez a decisão que mantém a prefeita de Campos dos Goytacazes, Rosinha Matheus (PR), no cargo. Ela teve seu mandato cassado pela Justiça Eleitoral.

Ex-governadora do Rio, Rosinha foi condenada por suposto abuso de poder econômico e uso indevido de meios de comunicação na campanha na qual se elegeu, em 2008.

Decisão da Justiça mantém Rosinha na Prefeitura de Campos
Rosinha resiste à cassação e diz que só deixa cargo presa
Irmão de Garotinho assume lugar de Rosinha em prefeitura no Rio
Rosinha resiste à cassação e diz que só deixa cargo presa
Casal Garotinho é condenado por abuso de poder político

O relator do processo, desembargador federal Sergio Schwaitzer, decidiu que a prefeita permanece no cargo até o julgamento do recurso impetrado na Corte contra a cassação.

Sérgio Lima – 28.jun.2010/Folhapress
Rosinha Matheus ao lado do marido, Anthony Garotinho
Rosinha Matheus ao lado do marido, Anthony Garotinho

RENÚNCIA

Antes da liminar, o presidente da Câmara dos Vereadores de Campos dos Goytacazes, vereador Nelson Nahin Matheus de Oliveira (PR), que é irmão de Garotinho, renunciou assim que tomou posse no cargo de prefeito de Campos.

Ele deveria assumir o cargo como interino de sua cunhada, mas passou o cargo ao vereador Rogério Matoso (PPS), vice-presidente da Câmara, que faz oposição a Rosinha. A cerimônia foi marcada por confusão entre partidários e opositores.

No ano passado, Rosinha já passou sete meses fora do cargo pela mesma acusação, mas conseguiu reaver o mandato.

Folha entrou em contato com a assessoria de imprensa do TRE, que informou que o desembargador não iria falar sobre a decisão.

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog