Laticínio produtor de 1.500 kg de queijos por dia é credenciado para incentivo fiscal no Tocantins

90% da produção é comercializada nos Estados do Nordeste, como Ceará e Pernambuco

O Secretário da Indústria, Comércio e Serviços (SICS), Ridoval Darci Chiareloto, assinou, nesta segunda-feira (9), contrato com o Laticínio Letícia, de Arapoema, que o credencia a ser beneficiado pelos incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado, através do Programa Proindústria (Lei 1.385/2003).

A empresa fabrica 1.500 quilos de queijos por dia, entre mussarela, prato e parmesão, sendo que 90% da sua produção é comercializada nos Estados do Nordeste, como Ceará e Pernambuco.

Funcionando há pouco mais de um ano, atualmente a empresa emprega 25 pessoas diretamente, em Arapoema, onde residem cerca de 7 mil habitantes, a 386 km de Palmas.

“Este incentivo está sendo muito importante porque vai reduzir a nossa carga tributária, agora vamos poder investir mais na empresa”, afirmou o proprietário, Antônio João Oliveira. Ele destaca que a laticínio ajuda a fomentar a cadeia produtiva do leite na região, já que em média 200 produtores fornecem o produto para o laticínio.

A concessão dos benefícios fiscais à empresa foi aprovada pelo Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico (CDE-TO), em reunião realizada no dia 15 de agosto. O próximo passo agora é a assinatura do Termo de Acordo de Regime Especial (Tare) com a Secretaria da Fazenda e Planejamento (Sefaz).

“O Governo do Estado entende que é nosso papel ajudar a fomentar empreendimentos no interior do Estado que são importantes para gerar renda e oportunidade de trabalho para a população”, afirmou o secretário da pasta Ridoval Darci Chiareloto.

Por AF Noticias

Galeria

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Some quick example text to build on the card title and make up the bulk of the card's content.

Instagram

Parceiros do blog