Líder petista classifica criação do PSD como fato político do ano

O líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP), classificou a criação do PSD como o principal fato político partidário do ano. O deputado disse, inclusive, que vai chamar o líder do partido, Guilherme Campos (SP), para participar das reunião da base aliada do governo, que acontecem tradicionalmente durante o almoço das terças-feiras.

“Acho não há precedentes, construir um partido desse tamanho, sem tempo de TV. Isso tem um significado político imenso, o maior do ano”, afirmou.

Na opinião de líderes da base, a formação do novo partido, comandado pelo prefeito Gilberto Kassab (São Paulo) é resultado da falta de projetos alternativos da oposição.

A autorização para que o PSD saísse do papel foi dada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) anteontem, por 6 votos a 1. Este será o 28º partido político do país.

Kassab já deu sinalizações de que a nova legenda terá tendência governistas.

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog