Mano faz agrado ao Grêmio após recusa de lateral

O técnico Mano Menezes fez um agrado para o Grêmio depois de levar um ‘cano’ do clube gaúcho, em Belém, antes do confronto da seleção.

Na segunda-feira, a direção gremista demorou para comunicar a CBF e o treinador sobre a desistência do lateral direito Mário Fernandes de defender o Brasil no amistoso contra a Argentina.

Mano comemora ‘achados’ e descarta ignorar atletas da Europa
CBF planeja mais amistosos em casa
Convocações irritam clubes brasileiros e argentinos
Veja galeria de fotos do jogo

O jogador nem chegou a se apresentar em Belém, onde na noite de quarta o time venceu os argentinos por 2 a 0 pelo chamado “Superclássico das Américas”.

Rafael Ribeiro-27.set.11/Divulgação
Mano entrega camisa do Grêmio a Alejandro Sabella, em foto divulgada pela CBF
Mano entrega camisa do Grêmio a Alejandro Sabella, em foto divulgada pela CBF

Mano ficou sabendo sobre a recusa de Mário Fernandes pela imprensa. Apenas à tarde que a CBF e o Grêmio alegaram “problemas pessoais” do lateral.

Na terça-feira, o treinador da seleção deu uma camisa para o técnico argentino Alejandro Sabella que foi enviada pelo presidente gremista, Paulo Odone. Sabella defendeu o Grêmio como jogador na década de 80.

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog