Massa lamenta incidente e projeta boa prova para a Ferrari

Felipe Massa, da Ferrari, lamentou a quebra da suspensão de seu carro quando tentava fazer sua última volta lançada no treino que definiu o grid de largada do GP da Índia de F-1, neste sábado –ele acabou batendo e voltou aos boxes de carona em uma moto.

Vettel garante pole na Índia e fica próximo de novo recorde
Kobayashi lamenta posição no grid e reclama de Massa
Antes animado, Bruno Senna prevê dificuldade na Índia
Em 15º no grid, Barrichello fala em treino atípico na Índia
Leia mais sobre a F-1
Veja galeria de imagens do treino oficial

  Saurabh Das/Associated Press  
Funcionários do GP da Índia retiram Ferrari de Felipe Massa, após falha na suspensão
Funcionários do GP da Índia retiram Ferrari de Felipe Massa, após falha na suspensão

“Foi uma pena porque eu poderia ter ganhado algumas posições com aquela volta”, afirmou o ferrarista, antes de explicar o incidente. “Eu estava fazendo a curva e já tinha tocado naquela zebra algumas vezes, mas ela não parece ter sido muito bem feita porque ela é baixa e tem uma espécie de calombo de concreto dentro. Eu senti um tranco forte e o carro não aguentou.”

Segundo Massa, não fosse a batida, ele acredita que a Ferrari teria colocado seus dois pilotos entre os quatro primeiros do grid em Greater Noida –Massa larga em sexto e Fernando Alonso, em terceiro.

“De qualquer forma nosso carro se mostrou bem competitivo neste final de semana e acho que podemos lutar para fazer uma corrida melhor do que as que fizemos até agora. A pena foi que nesta batida eu acabei perdendo um jogo a mais de pneus”, completou o brasileiro, que ainda não foi ao pódio nesta temporada.

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog