Mesmo sem ir ao México, Bernardinho cria ‘BBB’ no vôlei do Pan

Bernardinho não está em Guadalajara. Ficou no Brasil, treinando o time principal para buscar a vaga olímpica. Mas é como se seus olhos e seus ouvidos estivessem por todos os lados no México. Cada passo da seleção B nos Jogos Pan-Americanos será seguido pelo treinador.

“Bernardinho está 24 horas on-line. Fala com Rubinho [assistente, que será o treinador nos Jogos], comigo, com Marquinhos [chefe de equipe], com os jogadores a toda hora”, disse Chico dos Santos, assistente do técnico.

As informações serão passadas via rádio, telefone e internet. Assim que os treinamentos acabam, Bernardinho entra em contato com os colegas para saber como a equipe está respondendo.

Daniel Marenco-22.out.11/Folhapress
O meia da seleçãoo, Gustavo, durante o treinamento da equipe masculina de voleibol
O meia da seleçãoo, Gustavo, durante o treinamento da equipe masculina de voleibol

É assim quando o time B está na estrada, será assim durante o Pan-Americano.

“Ele pergunta bastante como os atletas estão, do lado emocional”, disse Santos.
O time A do Brasil está no CT de Saquarema, no Rio, preparando-se para a Copa do Mundo, em novembro, no Japão. O campeonato distribui três vagas para os Jogos Olímpicos de Londres-2012.

O plano inicial era Santos não viajar com a seleção B para disputar o Pan. Mas Bernardinho o enviou para “vigiar” dois de seus principais jogadores no México.

“Eu estou vindo para cá mais com uma função de ficar com os levantadores, Bruno e Murilo. E, como o Gustavo também veio, ele pediu para que eu fazer um trabalho em cima dele”, declarou.

Bernardinho conta com Bruno e Gustavo para a Copa do Mundo. Santos tem como principal função trabalhar com os dois e passar as informações para o treinador.

O restante da equipe do Pan é formada por atletas que ainda buscam se firmar na equipe principal, como os opostos Wallace Martins e Wallace Souza, o central Éder, o ponta Thiago Alves e o líbero Mário Júnior.

“Ainda não começamos, mas com certeza a partir de amanhã [hoje] vamos nos falar, por telefone ou e-mail. Ele sempre está próximo do nosso trabalho quando estamos com a equipe de novos”, afirmou Roberley Leonaldo, o Rubinho, assistente de Bernardinho e técnico no Pan.

O Brasil estreia nesta segunda-feira, às 21h (de Brasília), contra o Canadá. A seleção brasileira venceu os Pan-Americanos de 1963, 1983 e 2007.

“Evoluímos bem em alguns detalhes que eram necessários, e o mais importante é que o grupo adquiriu confiança”, declarou Bruno.

“Temos um time de qualidade e sabemos que temos condições de buscar esta medalha de ouro”, completa.

Para Rubinho, as presenças de Bruno e do campeão olímpico Gustavo serão essenciais para a equipe B.

“Eles são lideranças importantes para o grupo, principalmente para esses jovens”, afirmou o treinador.

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog