Muricy lamenta Ganso fora de forma ideal e diz que vitória rival foi justa


SPFW 2012
O técnico Muricy Ramalho, do Santos, lamentou não poder contar com o meia Ganso ‘na forma ideal’ no clássico contra o São Paulo. A partida acabou 3 a 2 para o rival paulistano, no Morumbi, pela 14ª rodada do Paulista.

Segundo o comandante santista, Ganso foi o atleta que mais sentiu o desgaste da viagem ao Peru, onde o time brasileiro enfrentou o Juan Aurich, na última quinta-feira, pela Libertadores.

“Acho que faltou um pouco mais de força. Nós não nos preparamos para o clássico. Colocamos os melhores jogadores porque é difícil poupar em um jogo destes. O Ganso precisa estar bem fisicamente. Ele foi o que mais sentiu esta sequência de jogos. Quando não temos ele na forma ideal, sentimos muito. Ele é o cara que organiza o time”, comentou.

Muricy também reconheceu que a vitória do adversário foi justa, mesmo com o clube do Morumbi atuando com dez atletas por quase todo o segundo tempo.

“Acho que o São Paulo mereceu a vitória. Eles foram melhores mesmo com dez jogadores. Quem veio ao estádio, deve ter ficado feliz com o que viu. Foi um grande jogo”, opinou. “Dá mesma forma que o Neymar faz a diferença para o Santos, o Lucas faz para o São Paulo”, falou ao se referir ao meia-atacante, autor do gol decisivo do confronto deste domingo.

Com o resultado, o São Paulo assume a vice-liderança com 31 pontos –a mesma pontuação do Corinthians que empatou com o Comercial por 3 a 3–mas leva vantagem sobre o rival no saldo de gols (15 a 10). O Santos, por sua vez, permanece em quarto, com 27 pontos.

Na próxima rodada, o São Paulo visita o Mirassol, enquanto o Santos recebe o Bragantino. Antes de enfrentar o time de Bragança, o clube litorâneo encara os peruanos do Juan Aurich, pela Libertadores, na quinta-feira, no Pacaembu.

Fonte: Da Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog