Nem site do Palmeiras ameniza vexame em Goiânia

O técnico Luiz Felipe Scolari preferiu não falar com a imprensa no retorno do Palmeiras para São Paulo, nesta segunda-feira, depois do empate por 1 a 1 com o Atlético-GO, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, no domingo, em partida que classificou como “vexame”.

Até mesmo o site oficial do clube não escondeu as críticas feitas pelo treinador. A página destacou a frase de Felipão com o título, mas ainda tentando dar um tom mais positivo: “Felipão fala em vexame, mas ainda confia em vaga na Libertadores.”

No confronto, o time paulista vencia por 1 a 0 e tinha dois jogadores a mais em campo (dois atletas da equipe rubro-negra foram expulsos) e mesmo assim cedeu o empate.

Reprodução/Palmeiras.com.br
Reprodução da página oficial do site do Palmeiras com destaque para o "vexame"
Reprodução da página oficial do site do Palmeiras com destaque para o “vexame”

“Não tem nada a ver com direção. Eles não entraram em campo e não tem nada a ver com isso. Estamos sendo pagos e não estamos fazendo nada. Se, agora, nossa torcida vier com piada ou manifestações para cima da gente, temos de engolir seco e aceitar. Que não fiquem bravos, pois a nossa realidade é essa”, disse o treinador.

“Eu já perdi de 6 a 0 [para o Coritiba, este ano, na Copa do Brasil], perdi outros campeonatos, mas jogando assim, 11 contra 9, com a vantagem no placar e depois levar o empate com chance de ter perdido, é muita vergonha, a maior vergonha da minha vida”, disse o treinador.

Fabio Braga-21.set.11/Folhapress
Luiz Felipe Scolari durante treino do Palmeiras; treinador chegou em SP sem falar com a imprensa
Luiz Felipe Scolari durante treino do Palmeiras; treinador voltou a SP sem falar com a imprensa

Com o resultado, o Palmeiras se manteve na oitava colocação, com 39 pontos. Scolari lamentou a falta de atenção no gol sofrido e tirou o peso das costas da diretoria do clube.

“Gol de lateral. Nem na várzea toma gol assim. Desatenção, pensa que o jogo já está decidido. Vexame, vergonha, não só dos jogadores, mas técnico. Direção não tem nada a ver com isso. Somos nós”, finalizou.

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog