No Japão, corpo de brasileira desaparecida após tufão é encontrado

Após quase uma semana de buscas, o corpo da brasileira desaparecida no Japão durante passagem do tufão Roke foi encontrado dentro de um rio, segundo informou o Itamaraty nesta quinta-feira.

O corpo de Erika Inomata, 34, foi encontrado na terça-feira (27) no rio Fujikawa, nas proximidades da cidade de Fuji, mas não havia confirmação da identidade da vítima até esta quinta-feira.

Fujikawa recebe águas do rio Hayakawa, na cidade de Minobu, onde a brasileira havia caído na quarta-feira passada (21) ao tentar atravessar uma ponte para chegar à fábrica em que trabalhava.

Seu colega, o também brasileiro Marcos Kanematsu, 32, que a acompanhava na ocasião, também caiu, mas conseguiu se segurar em galhos de uma árvore ribeirinha, o que impediu com que ele fosse levado.

De acordo com o Itamaraty, o corpo de Erika estava muito deformado e, por isso, seu irmão foi a um hospital para a realização de um exame de parentesco por coleta de DNA. Os resultados confirmaram a identidade da brasileira que, de acordo com autópsia realizada, morreu por afogamento.

Amigos e familiares estão organizando o velório e a cremação do corpo, o que deverá acontecer na província japonesa de Yamanashi nos próximos dias, segundo o tio da vítima.

Erika saiu de Santarém, no Pará, aos 17 anos em busca de emprego. Depois de se mudar para o Japão com os tios, não voltou ao país e contatava a família raramente por dificuldades financeiras, segundo a filha Sâmara, que vive no Brasil.

Em sua passagem pelo território japonês na semana passada, o tufão Roke deixou ao menos 12 mortos e obrigou a retirada de milhares de pessoas de suas casas.

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog