No Recife, comércio prevê peixe até 30% mais caro na Semana Santa

 

Faltam 14 dias para a Semana Santa. Como manda a tradição, o peixe não pode faltar no prato de muitos brasileiros. No Recife, muita gente ainda não foi às compras. Neste sábado (17), o movimento no setor de pescados do Mercado de São José, no centro do Recife, não foi muito grande. Deu para escolher e comprar o produto com calma. Mas, como mostra a reportagem do NETV 2° Edição, é melhor se apressar. O setor espera aumentar o preço de peixes e crustáceos em até 30%.

Hoje, o quilo do sururu era vendido por R$ 12. O camarão cinza pequeno saía por R$ 15. O camarão cinza grande, R$ 20, e o camarão seco, R$ 18. A pasteleira Neide Barros foi ao Mercado de São José comprar os crustáceos que usa como recheio nos pastéis. “Compro aqui porque é mais fresquinho e barato”, disse.

O metalúrgico Ivanildo de Abreu já está pensando na Semana Santa. No entanto, foi ao mercado neste sábado apenas para pesquisar os preços. “Tem que pesquisar, tem que passar por isso antes [para economizar dinheiro]”, falou.

O quilo do atum podia ser encontrado no mercado por R$ 16. A cavala era comercializada por R$ 20 e a corvina, R$ 9. Por precaução, alguns clientes resolveram comprar logo o peixe que vão comer na Semana Santa. “Depois o preço aumenta demais. A gente tem que se prevenir”, comentou a auxiliar de serviços gerais Maria Cristina Pedrosa

Maria Cristina está certa. Os vendedores do Mercado de São José confirmam: quanto mais próximo estiver o feriado, mais caro estará o peixe. “Quando estiver na Semana Santa deve ter um reajuste de 20 a 30%. A gente já está recebendo a mercadoria com esse reajuste”, informou o peixeiro Denílton Gomes.

Fonte: Do G1 PE

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog