Nota de avaliação de risco do Brasil deve crescer logo, diz Guedes

Ministro da Economia prevê elevação nos próximos dois anos

Por Agência Brasil  Brasília

O ministro da Economia, Paulo Guedes anuncia medidas para reduzir burocracia, custos e tempo em processos de marcas e patentes.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou hoje (12) que o Brasil está a caminho de ter a nota de avaliação de risco elevada. Ele participou de almoço com a Frente Parlamentar da Indústria de Máquinas e Equipamentos, em Brasília.

Ontem (11), a agência de classificação de risco Standard & Poor's (S&P) elevou de estável para positiva a perspectiva da nota da dívida pública brasileira.

A perspectiva positiva significa que a agência pode elevar a nota do país nos próximos dois anos. Atualmente, a S&P concede nota BB- para o Brasil, três níveis abaixo do grau de investimento, garantia de que o país não corre risco de dar calote na dívida pública.

"A expectativa nossa é que estamos já a caminho do up grade  [melhora da nota]. Isso normalmente leva 2 anos, mas acho até que vamos conseguir antecipar", disse.

Ele acrescentou que se o governo mantiver o ritmo de reformas, o "Brasil vai retomar o crescimento acelerado muito rapidamente". "Estamos implementano as reformas. O Brasil está com o menor déficit dos últimos cinco ou seis anos. A taxa de juros está desabando. O Brasil está acelerando", destacou.

Ele afirmou ainda que o ritmo de crescimento esperado para o ano que vem "é mais que o dobro deste ano". 

Saiba mais

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog