Obama promete defender emprego e critica o Congresso

O presidente Barack Obama se comprometeu neste sábado, em seu programa semanal de rádio, a atuar para estimular a economia e o emprego, ao mesmo tempo que criticou o Congresso, dominado pela oposição republicana, acusado pelo democrata de não fazer seu trabalho.

“A verdade é que não podemos esperar mais para que o Congresso faça seu trabalho”, disse Obama, que promove um plano de estímulo do emprego de US$ 447 bilhões, duramente questionado pelos republicanos.

“As famílias de classe média que sofrem há anos estão cansadas de esperar. Precisam de ajuda agora”, disse o presidente, que buscará a reeleição em 2012. “Então, se o Congresso não agir, eu o farei”.

Obama enfrenta um forte e persistente índice de desemprego, atualmente em 9,1% da população ativa, e promove seu plano como a solução para o problema.

O presidente acusou os republicanos de “não prestar atenção” às necessidades dos americanos e “não captar a mensagem da população”.

DA FRANCE PRESSE

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog