Oposição síria convoca manifestações até a queda do regime

A oposição síria convocou protestos para sexta-feira em todo o país até a queda do regime, no dia em que o início da revolta popular contra Bashar Assad completa seis meses, ao mesmo tempo que as força oficiais atacam os manifestantes com extrema violência.

“Eles nos massacram, e nos colocam na prisão, mas estamos mais determinados do que nunca. A revolução explodiu e só será interrompida quando o regime for derrubado”, afirma o texto publicado no site “The Syrian Revolution”.

Desde terça-feira, as forças de segurança prenderam 126 pessoas em Zabadani e Madaya, situadas a 50 km de Damasco, informou o OSDH (Observatório Sírio de Direitos Humanos).

France Presse
Manifestantes opositores ao ditador queimam bandeira; protestos continuam até Assad cair
Manifestantes opositores ao ditador queimam bandeira; protestos continuam até Assad cair

Na região de de Jabal Zauia, noroeste do país, as tropas cortaram totalmente as comunicações da cidade de Saraqeb, destacou o OSDH.

Na noite de quarta-feira aconteceram protestos em vários bairros de Damasco, em Homs (centro), em Deraa (sul) e na província de Idleb, segundo Rami Adel Rahmane, diretor do OSDH.

Segundo a ONU, desde o início das manifestações a repressão matou mais de 2.600 pessoas.

DA FRANCE PRESSE, EM NICOSIA

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog