Palestra sobre o Rio São Francisco marca data de aniversário

Técnicos da área ambiental da Secretaria de Agricultura, Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente (SEADUMA) realizaram na manhã desta terça-feira (4), na Escola Municipal Manoel Gomes Martins, localizada no povoado de Porto de Pedra próximo a Ilha Culpe o Vento em Juazeiro, palestra alusiva aos 510 anos do Rio São Francisco.


De acordo com o técnico Ademir Fernandes, o objetivo da atividade foi promover discussões e reflexões em torno da preservação do rio. “E nada melhor que trazer essas discussões para dentro da escola, apresentando aos alunos um histórico do Velho Chico e sua importância para o país. A educação começa na escola, e as crianças podem buscar junto aos pais, vizinhos e colegas atitudes de preservação para com o nosso rio”, destacou.

Na ocasião foi realizada uma apresentação sobre os estados banhados pelas águas do rio, as principais atividades desenvolvidas pelos ribeirinhos, os esportes praticados, os trabalhos realizados pelas 5 hidrelétricas (Itaparica, Sobradinho, Moxotó, Três Marias e Paulo Afonso) e a criação das barragens ao longo do rio. “Os alunos precisam conhecer a nossa história, perceber o grande tesouro que é o rio São Francisco para assim valorizá-lo”, observou Ademir.

Outro destaque foi às discussões sobre degradação e conservação das margens do submédio do rio. A técnica Josefa Galdino falou sobre o assunto. “Um dos problemas mais graves enfrentados pelo rio é o ambiental, como a desertificação, o desmatamento indiscriminado e a poluição, é preciso recompor a mata ciliar e realizar ações de preservação urgentes”, afirmou.

O titular da pasta Agnaldo Meira ao final da apresentação conversou com os alunos e destacou a importância da coletividade nos cuidados com o rio. “Os bens ambientais são pertencentes a toda coletividade, por esse motivo precisamos ter um maior cuidado, ficando ciente que a responsabilidade não é apenas dos poderes públicos e instituições, mas de todos os cidadãos brasileiros. O desenvolvimento ambiental acontece a longo prazo, não vamos proteger para hoje, e sim para sempre, esse é o nosso dever ético de compromisso com o meio ambiente”, disse.

Com Ascom/Seadruma/PMJ

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog