Palmeiras desiste de jogar no Canindé depois de briga

Rubens Cavallari-22.out.11/Folhapress

Palmeiras desiste de jogar no Canindé depois de briga e manda jogo para Barueri

Considerada a casa do Palmeiras no início do Brasileiro, o Canindé não será mais palco das partidas do clube no campeonato. A diretoria palmeirense desistiu de jogar no estádio da Portuguesa depois da briga entre as torcidas dos dois clubes no último sábado.

A confusão aconteceu após a derrota do Palmeiras para o Figueirense por 2 a 1, no Canindé. Os torcedores da Portuguesa que voltavam de Americana, onde o time conquistou o acesso para a Série A, entraram em confronto com palmeirenses.

A confusão se deu próxima ao local onde estava estacionado o ônibus do Palmeiras. Seguranças do clube alviverde se envolveram na briga.

“A nossa intenção é mudar o local das partidas do Palmeiras. O local [Canindé] se tornou de risco. Tudo o que aconteceu lá no sábado põe em risco a segurança da nossa torcida”, disse o gerente administrativo do Palmeiras, Sérgio do Prado. “Não tem sentindo voltar a jogar no Pacaembu. Barueri e Campinas são boas opções”, acrescentou o dirigente, descartando outras cidades do Interior.

Logo após Sérgio do Prado confirmar que o clube não jogaria mais no Canindé, a CBF anunciou a transferência do jogo contra o Coritiba, marcado para 6 de novembro, para a Arena Barueri.

O Palmeiras estava com um bom retrospecto no Canindé. Em 13 jogos disputados como mandante no estádio neste ano, o clube venceu oito, empatou três e sofreu duas derrotas –diante de Figueirense e Fluminense.

O próximo jogo do Palmeiras será contra o Atlético-MG no próximo domingo, em Sete Lagoas (MG).

O Palmeiras ocupa a 13ª colocação, com 41 pontos.

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog