Palmeiras infla preço de Kleber, mas rival quer jogador de graça

O Palmeiras já definiu o preço para negociar o atacante Kleber, que não permanecerá no clube após se envolver em polêmicacom o técnico Luiz Felipe Scolari. O time do Parque Antarctica deseja vender os 50% dos direitos que tem do jogador por 5 milhões de euros (cerca de R$ 12 milhões). O valor é 2 milhões de euros (aproximadamente R$ 5 milhões) superior ao que o clube pagou ao Cruzeiro em 2010.

A informação é da coluna Painel FC, assinada por Eduardo Ohata e Bernardo Itri, publicada neste sábado pela Folha.

Entre os interessados no atacante, porém, essa quantia é tida como absurda. Vasco e Grêmio entendem que o valor do percentual de Kleber pertencente ao Palmeiras, hoje, é de 1,5 milhão de euros (cerca de R$ 3,5 milhões), mas pode chegar, no máximo, a 2 milhões de euros (aproximadamente R$ 5 milhões).

A proposta inicial do Grêmio não interessou ao Palmeiras. Os gaúchos queriam dar uma parte em dinheiro e envolver um jogador no negócio, mas a oferta foi recusada. Douglas, um dos gremistas que despertam interesse, não aceita ir para o Palmeiras. O meia afirma ter um passado no Corinthians.

O time do Parque São Jorge, outro interessado, por enquanto não deu sinal de que fará uma proposta alta ao Palmeiras para ter Kleber. O clube espera que o atacante seja liberado de graça.

  Almeida Rocha – 21.ago.11/Folhapress  
Kleber durante jogo do Palmeiras pelo Campeonato Brasileiro
Kleber durante jogo do Palmeiras pelo Campeonato Brasileiro

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog