Papa pede aos homens que respeitem a terra dada por Deus

 

Filippo Monteforte-02.mar.11/France Presse

O papa Bento 16 fez neste domingo um apelo aos homens para que respeitem a terra que Deus lhes deu e aproveitou para pedir aos fiéis que rezem pela viagem que ele realizará entre os dias 18 e 20 de novembro a Benin e por todos os africanos que sofrem com insegurança e violência.

O pontífice fez essas declarações a um público estimado de 40 mil pessoas que assistiram na praça de São Pedro do Vaticano à missa dominical do Angelus, na qual reivindicou caridade e uma vida cristã ativa e diligente.

Bento 16 assinalou que a Igreja Católica celebra neste domingo o dia de agradecimento pelos frutos da terra que Deus pôs nas mãos do homem e disse que, olhando esses frutos, “reconhecemos que o trabalho do homem seria vão se Ele não os fizesse férteis”.

“Só com Deus há futuro em nossos campos. Enquanto damos graças, temos de nos comprometer a respeitar a terra que Deus pôs em nossas mãos”, declarou o bispo de Roma.

Falando em francês, ele lembrou que fará uma viagem a Benin entre os dias 18 e 20 de novembro para entregar aos bispos africanos na cidade de Cotonou a Exortação Apostólica (documento final) do Sínodo de Bispos africanos realizado em 2009 no Vaticano.

A viagem coincide também com o 150º aniversário da evangelização de Benin, quando haverá uma homenagem ao cardeal Bernardin Gantin, natural desse país e falecido em 2008, um dos mais próximos colaboradores do ex-papa João Paulo II.

“Peço que rezem por essa viagem e pelos habitantes do querido continente africano, em particular os que sofrem com insegurança e violência. Que Nossa Senhora da África acompanhe e ajude os esforços de todos as pessoas que trabalham para a reconciliação, a paz e a justiça”, ressaltou.

Bento 16 lembrou ainda que neste domingo se celebra o Dia Mundial do Diabetes. Ele expressou sua solidariedade a todos os que sofrem com essa doença crônica, às pessoas que os ajudam e aos médicos, profissionais de saúde e voluntários que colaboram no combate a ela.

DA EFE, NA CIDADE DO VATICANO

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog