Paraguaia com título de miss mira também glória esportiva no Pan

Mais bela atleta olímpica, esportista mais “quente” da década, miss pan-americana.

A paraguaia Leryn Franco, 29, é destaque desta forma antes e depois de eventos esportivos, mas não por suas marcas ou títulos no lançamento de dardo.

Estigma que a atleta presente nos dois últimos Pan-Americanos e Olimpíadas quer mudar a partir de 14 de outubro, em Guadalajara.

“Não me considero uma garota tão linda. Há muitas esportistas muito mais lindas, com físicos espetaculares. Não vou me preparar para ser a miss pan-americana, treino para conquistar o melhor resultado no atletismo”, disse, por telefone, à Folha.

Valery Hache/France Presse
Leryn Franco durante competição na Olimpíada de Pequim, em 2008
Leryn Franco durante competição na Olimpíada de Pequim, em 2008; Veja mais fotos

Oitava colocada nos Pans do Rio-2007 e de Santo Domingo-2003, ela foi 25ª na Olimpíada de Pequim-2008 e 21ª na de Atenas-2004.

“Agora sonho com o ouro, mas uma medalha está bom. É possível”, afirma a lançadora, que bateu o recorde nacional em julho, com 56,17 m.

“Neste ano sou mais esportista do que modelo, porque há um apoio mínimo do Comitê [Olímpico Paraguaio] que me permite priorizar treinos e competições”, explica Leryn, que não treina diariamente devido a sua agenda.

“Sempre fiz atletismo, mas nunca me dediquei 100%, como gostaria.”

Martín M. Crespo/Divulgação
A atleta paraguaia como modelo em calendário em 2007
A atleta paraguaia como modelo em calendário em 2007; Veja mais fotos

Neste ano, ela está na famosa edição de biquínis da revista americana “Sports Illustrated” e acaba de ser fotografada, em Nova York, para a campanha mundial de 2012 da Nike. Contrato que se junta a outros cinco que tem com marcas paraguaias. Entre elas a operadora de telefonia Tigo, para a qual posou sensualmente para um calendário em 2007.

Já o título de miss a persegue desde 2006, quando foi segunda colocada no concurso Miss Paraguai e, assim, qualificou-se para representar o país no Miss Mundo. Porém preferiu ir ao Pan do Rio. “Tenho que escolher sempre entre ser miss ou esportista. Mas repetiria a decisão”, diz.

Para ir a Londres-2012, ela pede mais apoio. “Estamos com falta até de treinadores no Paraguai.” Não deixa, contudo, o país. Tem agenda em eventos e na TV a cumprir.

France Presse
Leryn Franco posa para sessão de fotos em 2008
Leryn Franco posa para sessão de fotos em 2007; Veja mais fotos

Estar na mídia também quer dizer ser envolvida em fofocas. Namoros com o tenista sérvio Novak Djokovic durante a Olimpíada de 2008 e, mais recentemente, com o jogador da seleção paraguaia Lucas Barrios são desmentidos constantemente por ela.

Outra personagem sobre a qual se acostumou a falar é a eleita torcedora-símbolo do Paraguai na última Copa do Mundo, a modelo Larissa Riquelme.

“Conheço-a, mas não é minha amiga. O trabalho dela é muito diferente do meu, mas a respeito”, responde, sem se estender no assunto.

E entre tantos holofotes e compromissos, como uma miss, Leryn vai desfilar no Pan de Guadalajara.

France Presse
A modelo e atleta paraguaia em outra sessão de fotos em 2007
A modelo e atleta paraguaia em outra sessão de fotos em 2007; Veja mais fotos

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog